terça-feira, 24 de março de 2015

Sem Sentido


O que não pode ser vivido, não merece ser sentido...

                                                                 Fábio Baptista