terça-feira, 10 de julho de 2012

Dores De Amor


"Há muito tempo venho sofrendo sozinho, sofrendo calado. E nessa constância de lamentos, meu coração e alma se encontram orfãos. Juntos se encontram ao relento de uma vida atroz. E neste compasso vagaroso, doloroso eu vou sofrendo... Eu vou vivendo... E de meus olhos brotam lágrimas a todo instante, mesmo sem eu saber porque. Na verdade  vou sobrevivendo a cada momento destes, um  dia após o outro, muito mais fraco é verdade... Mas vou sobrevivendo. Já meu coração, desta dor é doutor e me diz nesta hora... Que basta olhar no espelho e verás em teus olhos, que há muito tempo a tua dor que é a minha dor, são dores de amor."

                                                     By: Fábio Baptista