terça-feira, 12 de junho de 2012

Eu Conto As Horas


"... E eu fico aqui, contando as horas pra poder te ver, mas o tempo... Este parece ser meu inimigo e o meu relógio seu aliado. Ambos parecem andar para traz. Transformando a minha espera em uma angustia sem fim.  A mim resta apenas a virtude da paciência, para suportar esta distancia lascinante e assim ter a meu lado para sempre aquela a quem chamo singelamente... De Meu Amor.

                                                      By: Fábio Baptista