terça-feira, 6 de março de 2012

Nada Concreto



Nunca houve nada entre nós... nem amor... nem um beijo, nem um abraço, nem um afago... De concreto mesmo apenas muita dor... Adeus sofrido amor.

                                                         By: Fábio Baptista