segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Um Porto Seguro



A jornada de existencia a que nós seres humanos somos submetidos quase sempre não suporta a ausencia de um outro ser a noso lado, a vontade de ser solitario ocupa um breve tempo em nossos corações, na verdade até há os que conseguem ser feliz sozinho. Mas por mais que a vida sozinho seja boa e é boaaa mesmo, a vontade de ter alguém... um porto seguro, aquela pessoa pra dividir emoções, carinhos e responsabidades, sempre se faz presente, eu sou do segundo time, dos que precisam de alguém, dos que querem alguém, mas com compromisso. E é ai, nesta parte que a coisa complica de vez, pois as pessoas só querem a parte boa da historia, as responsabilidades ficam sempre de lado, como se não necessitassemos telas. Hoje vivo um momento especial, conheço muitas pessoas a maioria mulheres, converso e escuto os lamentos de quem tem muito a reclamar. Vejo como ela se relacionam e do que teem medo, a maioria esta machucada por relacionamentos anteriores e fogem de novos compromissos, como se fosse possivel mandar no coração, eu proprio ja me machuquei e também tento fugir dos relacionamentos, mas não adianta, das coisas do coração ninguém consegue escapar e uma hora vou cair de novo, mas enquanto isso vou aqui nesta jornada solitaria, onde em alguns dias durmo acompanhado e em outros sozinho, neste vazio de sentimentos, vou esperando minha alma gemea, que anda por ai perdida, vagando... eu não procuro ninguém, pois a procura só faz da vida um sofrimento ainda maior, nem sei se um dia terei alguém novamente, mas espero que se um dia ela aparecer, que ela não seja um barquinho a deriva, mas sim o barquinho que vai pro seu porto seguro e que encontre em mim esse porto... um porto somente dela e para sempre seguro.


                                                          By: Fábio Baptista