terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Folhas Ao Vento



Enquanto a chuva cai lá fora, vou escrevendo aqui sozinho, retalhos de nós dois, dessa distancia que nos separa e de tudo o que gostaria de fazer junto com você. Essa mesma distancia que surge como uma vilã, espreitando, conspirando contra nós. Essa mesma distancia seria a estrada de nossa viagem como duas folhas ao vento iriamos voando em uma brisa suave, para nos encontrar em algum lugar e neste bailado de beleza e desenvoltura, com a elegancia que somente a natureza pode proporcionar, iriamos nos deliciando desse momento, onde somente o que importaria seriam nossos corpos se misturando nessa dança, viajando juntos somente eu e você.


                                                     By: Fábio Baptista