segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Cronica De Um Ano Especial



Nesse ano que passou fiz varias coisas novas, vivi muitas situações que nunca imaginei viver e outras que pensei nem serem mais possiveis, nesse ano perdi um grande amigo, que era como um irmão mais novo, também perdi um grande amor, depois descobri que nem era tão grande assim, me apaixonei, me desapaixonei, chorei e sorri sozinho, também chorei e sorri acompanhado,  fiquei carente, fiquei com muita gente, descobri muitos novos amigos, muitos mesmo, aprendi a dançar de novo, aprendi a beber, fiquei de pileque e cara de bobo, fiz porquinho, fiz porquinho de novo, levei meu filho pra balada, dancei com meu filho na balada, pegamos gatinhas juntos na balada. Me decepcionei com pessoas, decepcionei pessoas, me surpreendi, fui surpreendido, descobri que sou feio, mas pra outras sou lindo. Vivi um romance pela internet, vivi um romance na vida real, eu cai na real. Me peguei chorando por nada, me peguei chorando por tudo, tirei fotos lindissimas, sai em fotos belissimas, beijei uma menina muito linda... beijei uma menina muito feia, fiz muita festa, fiz mais festa ainda, virei noites sem dormir, não trabalhei direito alguns dias, trabalhei de mais em outros, eu engordei, eu emagreci, eu engordei de novo,  fiquei sozinho no inverno, quase namorei no verão, meu ano foi assim... intenso e cheio de vida, curti muito, vivi cada momento como se fosse o ultimo. Há pessoas que levarei pra sempre e sempre esquecerei de esquecer, ja há outras que sempre me esquecerei de lembrar, espero que em algum momento eu possa ter feito parte da vida de alguém como muitos fizeram da minha, se assim for ja tera valido a pena e pra fechar com chave de ouro, agradecer a vocês pessoas especiais de outros estados, de outros paises e do meu querido Rincão que fizeram parte deste ano que passou, todos vocês são pessoas especiais que entraram em minha vida, adoro cada um vocês e espero entrar muitos anos com vocês meus amigos, que sejam muito felizes em 2012. Ahh e lembrem-se vivam com toda a intensidade, alegria e sinceridade possivel... simplesmente... vivam pois nada, nada mesmo pode nos separar da felicidade! E que venha 2012.


                                                     By: Fábio Baptista