segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Verdadeiro



"De onde vem essa força que me empurra sempre pra frente, que me motiva a cada tombo... a cada desilusão, hoje mais uma vez me decepcionei com uma pessoa, mas ainda continuo acreditando, continuo confiando, tão dificil ver as coisas acontecerem e se fazer de cego... de surdo. Dificil ser machucado, magoado, humilhado... e ainda assim manter o sorriso no rosto, essa nova fase não me agrada, esse não sou eu, prefiro mostrar o que sinto o que penso, mas a velocidade dos meus pensamentos me impedem de ser assim, pois a dor pode fazer as palavras sairem com mais poder do que ja sairiam ao natural, e nessa violencia pela qual minha alma passa, me forja mais forte, mas também mais sensivel, pois quero ser exatamente o oposto de quem me magoa, de quem me machuca, quero ser o porto da verdade nesse imenso mar de mentiras e se para isso tenho que sofrer, não me furtarei, mas eu continuo sendo verdadeiro, magoado e com um sorriso sofrido, mas verdadeiro."


                                                   By: Fábio Baptista